Jornal do Commercio
foto Verônica AlmeidaTudo sobre saúde pública de Pernambuco.
  • Tamanho do texto:
  • A-
  • A+

Dois milhões de Aedes retirados na pré-epidemia de dengue do Recife

Publicado em 27/02/2015, Às 8:28

A dengue já voltou a ser epidemia no Recife, como antecipamos logo após o Carnaval. No ano passado, quando o cenário ainda não estava tão crítico, foram removidos do ambiente na capital mais de dois milhões de ovos do mosquito transmissor. Nas últimas semanas, outros 85 mil ovos do Aedes aegypti saíram das casas, capturados por ovitrampas, armadilhas que ajudam a monitorar a infestação e ao mesmo tempo diminuem os riscos, evitando o nascimento de novos vetores. “Cuidado. Pode ser na sua casa”, nova campanha da Secretaria Municipal de Saúde, foi lançada na última quinta-feira (26/02) e ensina a vistoriar pontos da casa que podem atrair as fêmeas e se transformar em criadouros. A cidade já tem quase mil doentes suspeitos, um aumento próximo de 400% em relação ao mesmo período de 2014. Isso em apenas dois meses. Quer virar esse jogo? Colabore.

 

https://www.youtube.com/watch?v=VsxNG7009R8

 

 

 

 

Aedes aegypti

Aedes aegypti

Share

Postado por Verônica Almeida

Palavras-chave

enviar para um amigo

Sobraram 59 vagas do Mais Médicos em 33 municípios pernambucanos

Publicado em 23/02/2015, Às 17:16

Das 835 vagas colocadas à disposição nesta segunda (23/02)  e terça-feira (24/02) pelo Programa Mais Médicos, 59 são em 33 municípios pernambucanos. É que parte dos médicos inscritos não se apresentou às prefeituras. O prazo da primeira chamada terminou na última sexta (20/02). Agora, médicos já habilitados podem fazer nova opção.  Os dados foram revlados há pouco pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, numa entrevista em Brasília. O Ministério da Saúde poderá novamente optar por médicos estrangeiros, caso nas próximas etapas não consiga preencher as vagas com brasileiros formados aqui ou em outros países.

“Os 9.276 candidatos inscritos precisam acessar a página http://maismedicos.saude.gov.br e optar entre as localidades disponíveis. Caso ainda existam vagas, a terceira chamada está prevista para os dias 17 e 18 de março e, em 10 de abril, será aberta chamada para brasileiros formados no exterior e, no dia 5 de maio, para médicos estrangeiros”, informa o Ministério da Saúde.

O Mais Médicos foi lançado em 2013. Até 2014, 3,7 mil municípios foram atendidos por  14.462 médicos. Isso garantiu assistência a 50 milhões de brasileiros. Nessa nova edição, agora em 2015, 1.294 cidades e 12 distritos indígenas aderiam ao edital lançado em janeiro. Até o momento, 1.086 municípios e três Distritos Sanitários Indígenas conseguiram ocupar integral ou parcialmente as vagas  dentro da primeira chamada. Cerca de 84% dos médicos selecionados compareceram aos municípios.

Divulgação/Ministério da Saúde

Divulgação/Ministério da Saúde

Share

Postado por Verônica Almeida

Palavras-chave

enviar para um amigo

Falsa suspeita de ebola aguarda resultado de exame para malária

Publicado em 20/02/2015, Às 14:18

Paciente africana transferida na noite de quinta-feira (19/02) da UPA Caxangá para o Hospital Universitário Oswaldo Cruz, no Recife, permanece estável, sem febre, násuseas, diarreia ou vômito, diz a unidade de saúde. “A dor de cabeça que ela diz sentir há mais de um ano está sendo tratada com analgésicos. Foram realizados exames de rotina e um exame específico de malária”, informa a assessoria do hospital. A paciente não tem previsão de alta e aguarda o resultado do teste. A falsa suspeita de ebola, disseminada nas redes sociais, foi descartada na quinta mesmo pela Secretaria de Saúde de Pernambuco. É que a mulher  não veio de área endêmica nem teve contato com pessoas da região de risco (Guiné, Libéria e Serra Leoa). No ano passado uma situação semelhante ocorreu em Caruaru. O falso caso foi diagnosticado depois no Huoc como gripe.

Share

Postado por Verônica Almeida

Palavras-chave

enviar para um amigo

Saiu resultado da seleção para residência médica e multiprofissional de Pernambuco

Publicado em 20/02/2015, Às 1:09

Pouco divulgado, saiu às vésperas do Carnaval, no dia 12 de fevereiro, o resultado da seleção 2015 para cursos de residência médica e multiprofissional do Estado de Pernambuco. Candidatos devem acessar o site www.upenet.com.br para verificar cronograma de apresentação de documentos e efetivar a matrícula. “Para realizar a matrícula, o candidato aprovado e classificado, cujo nome consta na lista divulgada pelo Upenet, deverá realizar sua pré-matrícula
online, no site disponibilizado pela Secretaria Estadual de Saúde no endereço http://matricula.saude.pe.gov.br“, informa o organizador da seleção. A matrícula presencial é feita na sede da SES, no Bongi.

Divulgação/SES

Divulgação/SES

Share

Postado por Verônica Almeida

Palavras-chave

enviar para um amigo

Biópsia muscular já disponível no Recife, pelo SUS

Publicado em 20/02/2015, Às 0:51

Recife conta agora com um laboratório de biópsia muscular. O serviço foi implantado no Hospital Universitário Oswaldo Cruz, fortalecendo a assistência a pacientes do SUS. É pioneiro no Norte e Nordeste e ajudará no diagnóstico de doenças neuromusculares, como miastenia, esclerose lateral amiotrófica e outras de origem congênita, metabólica ou inflamatória. Lá são realizados exames de histoquímica e imunohistoquímica, antes só feitos no Sudeste do País para esse tipo de material. O laboratório dará suporte ao serviço de neurologia e neuropediatria do Huoc, que realiza mais de mil consultas mensais.

 

Hospital Oswaldo Cruz/Divulgação

Hospital Oswaldo Cruz/Divulgação

Share

Postado por Verônica Almeida

enviar para um amigo

Crise das maternidades de Pernambuco exige solução rápida

Publicado em 20/02/2015, Às 0:32

Passado o Carnaval, é hora de agilizar soluções para o resto do ano. Na saúde pública de Pernambuco, a assistência ao parto grita alto, em razão de problemas como a superlotação da rede de alto risco e a baixa produção dos serviços menores, principalmente no interior, com plantões desfalcados. O Comitê Estadual de Estudos da Mortalidade Materna aguarda para a próxima terça-feira (24/02), às 10h, audiência com o secretário estadual de Saúde, Iran Costa Júnior. Ele formou comitê, no mês passado, para buscar alternativas aos caos e está redesenhando a Rede Cegonha. Serviços foram contratados em anos anteriores, mas o modelo de acolhimento é questionado pelo movimento de mulheres, assim como a eterna peregrinação. A maternidade do Hospital das Clínicas da UFPE, fechada em dezembro de 2014 para se adequar às normas sanitárias, ainda não retomou partos de alto risco. Faltam neonatologistas, enfermeiros e estrutura na UTI. Nas demais, a cadeira e o corredor ainda compõem o palco para a recepção das novas vidas.

No HC da UFPE, maternidade deixou de fazer parto de alto risco por falta de médicos e estrutura

No HC da UFPE, maternidade deixou de fazer parto de alto risco por falta de médicos e estrutura

Share

Postado por Verônica Almeida

enviar para um amigo

Ortopedistas defendem uso de cinto de segurança e lei seca

Publicado em 16/02/2015, Às 13:05

A Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) lançou uma campanha neste Carnaval 2015 a favor do uso do cinto de segurança nos veículos, inclusive no banco de trás, e da lei seca. O equipamento é obrigatório, mas muitos ainda se esquecem de usá-lo. O mesmo ocorre com a não ingestão de bebida alcoólica, desrespeitada por motoristas.

Carnaval sem Traumas alerta para as 144 mortes e 1.823 feridos nas rodovias federais no Carnaval de 2014. “Um ferido significa horas de trabalho na mesa cirúrgica, meses de tratamento para reabilitação, no caso de uma fratura de fêmur, de braço e pior ainda, quando na coluna e problemas correlatos”, observa a SBOT, que preparou milhares de panfletos para a folia.

“Quando um carro se choca com outro mesmo a velocidade reduzida, 50 quilômetros por hora, um adulto de 60 quilos sentado sem cinto no banco de trás é lançado contra o passageiro do banco da frente com tanta força, que o impacto corresponde a mais de mil quilos, o peso de um elefante pequeno. No caso de uma criança de 20 quilos sem cinto, o impacto que seu corpo causa contra o motorista é de 300 quilos e quanto à criança, se sobreviver, certamente terá ossos quebrados e possivelmente sequelas”, informa a sociedade médica.

A SBOT fez uma pesquisa no Rio de Janeiro e em São Paulo, observando mais de 10 mil veículos e seus condutores. O estudo mostrou que ” 87% dos motoristas do Rio usavam o cinto, mas no banco de trás 97% dos passageiros entrevistados não usavam e as crianças sem cinto correspondiam a 86% do total. Já em São Paulo, os motoristas com cinto eram mais numerosos, 96,5%, mas só 3% dos passageiros do banco de trás se valiam do cinco de segurança, o mesmo índice registrado entre os cariocas. Quanto às crianças, o resultado igual ao do Rio, 86% estavam sem cinto”, aponta a sociedade de ortopedistas.

Campanha da SBOT/Divulgação

Campanha da SBOT/Divulgação

Share

Postado por Verônica Almeida

Palavras-chave

enviar para um amigo

Sensor antecipa diagnóstico de dengue

Publicado em 09/02/2015, Às 16:45

Um biossensor capaz de fazer a detecção elétrica de uma proteína excretada por todos os tipos de vírus da dengue, entre o segundo e o nono dia após a picada do mosquito transmissor, foi desenvolvido por pesquisadores do interior de São Paulo. Os autores do feito são do Instituto de Física de São Carlos da Universidade de São Paulo (IFSC-USP) e da empresa DNApta Biotecnologia, de São José do Rio Preto (SP). Com a tecnologia, é possível descobrir se a pessoa está infectada mesmo antes de ela apresentar os sintomas clássicos, informou a Agência Fapesp.

“O dispositivo, criado durante um projeto de mestrado da estudante Alessandra Figueiredo e de um pós-doutorado realizado por Nirton Cristi Silva Vieira com Bolsa da FAPESP, foi desenvolvido no Grupo de Nanomedicina e Nanotoxicologia do IFSC-USP, coordenado pelo professor Valtencir Zucolotto, e no âmbito do Instituto Nacional de Eletrônica Orgânica (INEO) – um dos Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCTs) financiados pela FAPESP e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) — pelo professor Francisco Guimarães, ” divulgou a agência. Artigo sobre o assunto foi publicado na revista Scientific Reports, do grupo Nature, completa.

Biossensor/ Fapesp/Divulgação

Biossensor/ Fapesp/Divulgação

A vantagem diante dos métodos laboratoriais existentes seria a rapidez a menor custo. De acordo com a agência da fundação que fomenta pesquisas em São Paulo, “a tecnologia do biossensor é baseada na detecção elétrica da proteína não-estrutural 1 NS1″ , dosada no sangue de pessoas “tanto com infecção primária (que contraíram a doença pela primeira vez) quanto secundária (a partir da segunda vez), do segundo até o nono dia após o início da doença”.

Fapesp/Divulgação

Fapesp/Divulgação

O exame de IgG, que procura anticorpos e geralmente só confirma a dengue quando a pessoa já curou, considera a  proteína NS1 do vírus. O custo é maior, alegam os pesquisadores da USP.

Para saber mais acesse http://agencia.fapesp.br/

Share

Postado por Verônica Almeida

Palavras-chave

enviar para um amigo

Suposta morte por dengue já em investigação

Publicado em 07/02/2015, Às 6:28

O ano mal começou e 690 pernambucanos já tiveram sinais de dengue, um deles inclusive morreu. Cerca de 10% entre os doentes confirmaram a infecção. O número de suspeitos ultrapassa o do mesmo período do ano passado: 462.  Nesses dois meses foram notificados supostos  cinco casos  de chicungunha. ” Três já foram descartados, oriundos de Petrolina. Dois, de moradores do município de Jaboatão dos Guararapes, estão sob investigação. Nenhum dos casos é autóctone (transmitido por aqui)”, informa a Secretaria Estadual de Saúde. Esses números servem de alerta para este sábado (7/2) de mobilização contra as duas doenças. Evite focos em casa, tampe bem as caixas d’água e limpe o quintal. Vamos combater os mosquitos e ligar 0800 281 15 20, se for  no Recife. Serve para informar sobre criadouros e adoecimentos.

Aedes aegypti

Aedes aegypti

Share

Postado por Verônica Almeida

Palavras-chave

enviar para um amigo

Vem aí o teste oral da aids

Publicado em 06/02/2015, Às 18:57

O Ministério da Saúde acaba de anunciar que a rede pública de saúde passará a oferecer o teste oral para dectar  infecção pelo HIV. “O fluido para o teste é extraído da gengiva e o começo da mucosa da bochecha, com o auxílio da haste coletora. O resultado sai em até 30 minutos. A grande vantagem é a segurança e a confiabilidade, além de não necessitar de infraestrutura laboratorial. Quando o resultado dá positivo, a pessoa é encaminhada à rede de serviço de referência”, informa o ministério.

No início deste ano, o ministério  enviou aos estados cerca de 140 mil testes. O material  já estava sendo utilizado no projeto Viva Melhor Sabendo,  com 60 organizações da sociedade civil que  testam transexuais, homens que fazem sexo com homens, pessoas que usam drogas e profissionais do sexo.

Leia mais  sobre o teste e a campanha para este Carnaval 2015 em www.saude.gov.br

Campanha/Carnaval 2015/ Ministério da Saúde

Campanha/Carnaval 2015/ Ministério da Saúde

Share

Postado por Verônica Almeida

enviar para um amigo

Fotos do dia

Ambulantes protestam na Avenida Cruz Cabugá contra ação da prefeitura
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem

> JC Imagem

Ambulantes protestam na Avenida Cruz Cabugá contra ação da prefeituraAmbulantes protestam na Avenida Cruz Cabugá contra ação da prefeituraAmbulantes protestam na Avenida Cruz Cabugá contra ação da prefeituraAmbulantes protestam na Avenida Cruz Cabugá contra ação da prefeituraAmbulantes protestam na Avenida Cruz Cabugá contra ação da prefeitura

Coluna no Twitter

OFERTAS
OFERTAS
Facebook Twitter RSS Youtube
Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM