26 jan 2015

Listões da UPE sairão às 13h de sexta-feira

Feras vão saber sexta-feira quem estudará na UPE. Foto: Guga Matos /  JC Imagem

Feras vão saber sexta-feira quem estudará na UPE. Foto: Guga Matos / JC Imagem

A Universidade de Pernambuco (UPE) informou, na tarde desta segunda-feira, que os listões do vestibular tradicional e do Sistema Seriado de Avaliação (SSA) serão divulgados às 13h da próxima sexta-feira (dia 30).

As listas estarão disponíveis na reitoria, que fica no bairro de Santo Amaro, área central do Recife. Também vão ser divulgadas no site da UPE.

Uma hora mais cedo, ao meio-dia, a UPE informará os nomes dos candidatos primeiros colocados nos dois processos seletivos.

Este será o último listão do vestibular tradicional, pois a partir de agora metade das vagas da UPE será disponibilizada no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação. A outra metade permanecerá no SSA.

26 jan 2015

Pernambuco é o sexto Estado em número de inscrições no Sisu

UFPE foi a terceira universidade mais procurada no Sisu. Foto: Passarinho /  Ascom UFPE

UFPE foi a terceira universidade mais procurada no Sisu. Foto: Passarinho / Ascom UFPE

Pernambuco foi o sexto Estado com maior número de inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação, segundo balanço divulgado pelo órgão na manhã desta segunda-feira. O Estado totalizou 332.436 inscrições nas cinco instituições participantes (UFPE, UFRPE, Univasf, IFPE e IF do Sertão).

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), estreante no sistema, foi a terceira instituição mais procurada, abaixo apenas das Federais do Ceará, primeira colocada, e de Minas Gerais, segunda no ranking. Na universidade pernambucana, o MEC contabilizou 177.235 inscrições.

A lista dos aprovados pelo Sisu está disponível. Os candidatos aprovados deverão se matricular dia 30 de janeiro e 2 e 3 de fevereiro.

26 jan 2015

Saiu resultado do Sisu

Expectativa dos feras que se inscreveram no Sisu é grande. Foto: Guga Matos /  JC Imagem

Expectativa dos feras que se inscreveram no Sisu é grande. Foto: Guga Matos / JC Imagem

Acaba de sair o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação.Para saber  o resultado do Sisu basta acessar o site do Sisu.

Os aprovados deverão se matricular sexta-feira (dia 30), segunda ou terça da próxima semana (dias 2 e 3 de fevereiro). Cada universidade participante tem edital próprio com os horários de realização das matrículas, assim como a documentação necessária para efetivar a vaga.

Aqueles que não conseguiram aprovação poderão se inscrever na lista de espera, que servirá para as universidades fazerem os remanejamentos, caso haja vagas ociosas. A inscrição na lista de espera começa hoje e segue até dia 6 de fevereiro. O estudante só pode se candidatar no curso que colocou como primeira opção do Sisu.

Em Pernambuco, integram o Sisu a UFPE, UFRPE, Univasf, IFPE e IF do Sertão.

 

25 jan 2015

Aprovados no Sisu serão conhecidos nesta 2ª feira

Centro de Ciências da Sapude é um dos prédios da UFPE onde os feras aprovados em medicina vão estudar. Foto: Passarinho / Ascom UFPE

Centro de Ciências da Saúde é um dos prédios da UFPE onde os aprovados em medicina vão estudar. Foto: Passarinho / Ascom UFPE

A semana começa com expectativa para os candidatos que se inscreveram no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação. Os 205.514 aprovados serão conhecidos nesta segunda-feira. O MEC não informou o horário que o resultado será liberado, mas adiantou que deve ser no período da manhã.

Para saber se foi aprovado, o participante deve informar a senha e o número de inscrição no Enem. Em Pernambuco são oferecidas 11.525 vagas no Sisu, distribuídas na UFPE, UFRPE, Univasf, IFPE e IF do Sertão.

Aqueles que não conquistarem vaga poderão se inscrever na lista de espera, que servirá para as instituições fazerem os remanejamentos. O período para cadastramento será de segunda-feira até 6 de fevereiro.

Vale lembrar que o estudante só pode efetuar a inscrição no curso que colocou como primeira opção no sistema. Caso ele tenha sido aprovado na graduação que assinalou como segunda opção, mas queira concorrer à primeira opção, deverá se inscrever.

Segundo cronograma, a partir de 11 de fevereiro caberá às instituições divulgarem a lista de candidatos aptos a concorrem às vagas ociosas. Cada universidade definirá em qual data essa relação de estudantes será liberada.

Na UFPE, conforme edital disponível na página www.ufpe.br, a convocação sairá dia 20 de fevereiro. Na UFRPE, a previsão é de que seja apresentada mais cedo, no dia 11 ou 12 de fevereiro.

“Vamos convocar uma quantidade de candidatos de três a cinco vezes maior que o número de vagas disponíveis para mostrarem documentação e confirmarem que querem participar do remanejamento. A ideia é ter um cadastro reserva. Chamaremos os novos classificados à medida que as vagas surgirem”, explica a pró-reitora acadêmica da UFPE, Ana Cabral. O primeiro remanejamento será em 3 de março.

Na UFRPE, de acordo com a diretora de Registro e Controle Acadêmico, Ana Cristina Lemos, o calendário ainda não foi fechado, o que deve acontecer na próxima semana.

“Assim que o MEC nos liberar a lista de espera, dia 11, pretendemos soltar a relação dos inscritos e dos classificados (remanejados). As matrículas deverão ser logo após o Carnaval”, destaca Ana Cristina.

24 jan 2015

UPE divulga sexta-feira listões do vestibular e do SSA

Feras vão saber sexta-feira quem estudará na UPE. Foto: Guga Matos /  JC Imagem

Feras vão saber sexta-feira quem estudará na UPE. Foto: Guga Matos / JC Imagem

Haja coração para os feras pernambucanos nos próximos dias. Segunda-feira sai o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC), que vai mostrar quem ganhou vaga nas Universidades Federais de Pernambuco (UFPE), Rural (UFRPE) e do Vale do São Francisco (Univasf). Na sexta-feira é a vez de conhecer os aprovados no vestibular e no Sistema Seriado de Avaliação da Universidade de Pernambuco (UPE).

“Está confirmado que os dois listões da UPE serão divulgados no dia 30”, assegura o presidente da comissão do vestibular, Ernani Martins. Ainda não está definido o horário da saída dos resultados. A universidade abriu este ano 3.460 vagas em 53 cursos de graduação. São 2.074 no vestibular e 1.386 no SSA.

O candidato que passar nos dois processos para o mesmo curso ocupará a vaga do SSA, liberando a do vestibular para remanejamento. Se for classificado em graduações diferentes terá que optar por uma delas. No vestibular, a primeira fase foi o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Segundo Ernani, o listão do SSA está pronto. “Já o do vestibular falta pouca coisa. Estamos na fase final de verificação das notas”, explica.

As matrículas na UPE serão realizadas entre 10 e 12 de fevereiro. O primeiro dia é destinado aos classificados no SSA através do sistema universal. No mesmo dia vão se matricular os aprovados no vestibular sem as cotas. Cotistas do seriado e do vestibular terão o dia 11 para fazerem a matrícula. Retardatários de todos os processos farão o cadastramento no dia 12.

SISU – O Ministério da Educação não informou que horas o resultado do Sisu será liberado para consulta. Comunicou apenas que deve sair no período da manhã, sem estipular o horário preciso. Para saber se conquistou vaga, o candidato terá que informar, no site do sistema, senha e número de inscrição no Enem.

23 jan 2015

UFPE reabre inscrição para vestibular de química, música e dança

Candidatos de dança participam de um teste de habilidade específica. Foto: Site Imagens Públicas

Candidatos de dança participam de um teste de habilidade específica. Foto: Site Imagens Públicas

Com informações da Assessoria de Comunicação Social da UFPE

A UFPE reabriu as inscrições para o vestibular  dos cursos de química (bacharelado), música e dança, oferecidos no câmpus de Recife. O novo período de inscrição vai da próxima segunda-feira (26) até o dia 1º de fevereiro, exclusivamente no site da Covest.

A taxa é de R$ 60 para todos os cursos e o pagamento poderá ser feito até o dia 2 de fevereiro mediante quitação de Guia de Recolhimento da União (GRU) em qualquer agência do Banco do Brasil. Para solicitar isenção da taxa, o candidato deverá acessar o site da Covest na segunda-feira (26) e terça-feira (27), conforme as normas publicadas no mesmo site.

Para concorrer, o candidato deve ter feito o Enem, que equivale à primeira fase do vestibular. A segunda etapa consiste em teste de habilidade específica para os cursos de música e dança. Os feras de química cursam duas disciplinas específicas.

Dança terá 30 vagas. A graduação em música vai oferecer 80 vagas. Para química serão 20 vagas.

23 jan 2015

Justiça nega pedido de anulação de prova do Enem e mantem validade do exame

Tema da redação do Enem teria vazado por meio de uma mensagem de what's up. Foto: Rodrigo Carvalho /  JC Imagem

Tema da redação do Enem teria vazado por meio de uma mensagem de WhatsApp. Foto: Rodrigo Carvalho / JC Imagem

Mariana Tokarnia (Agência Brasil)

A Justiça Federal no Piauí indeferiu o pedido de anulação parcial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) feito pelo Ministério Público Federal no Piauí. O órgão, que divulgou nota na tarde dehoje (23), diz que ainda não recebeu o comunicado oficial da decisão. O MPF diz que vai recorrer ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região, com sede em Brasília.

A decisão foi tomada pela juíza Marina Rocha Cavalcanti, que entendeu que o vazamento do tema da redação, que ocorreu horas antes da aplicação do exame foi não foi fruto de um esquema pré-organizado para beneficiar certos candidatos, mas algo desorganizado que não comprometeu a isonomia entre os candidatos. Marina diz que foram analisados conteúdos das redações elaboradas pelos candidatos e que não houve um padrão de resposta, o que leva à conclusão de que não houve apoio externo para a produção da redação.

“Justiça seja feita: em 2009, houve vazamento de prova do Enem e o Inep [Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira] teve a firmeza e a coragem de reconhecer o problema e fazer o exame, sem necessidade de ordem judicial para tanto. No presente caso, houve também problemas, mas o Inep, aquele que já demonstrou ter coragem e firmeza, os considerou incapazes de comprometer a isonomia. Apresentou suas justificativas e mostrou, com informações sobre os critérios de segurança adotados antes e depois do exame, que se aprimorou e é mais eficaz para lidar com as tentativas de fraude”, diz a decisão da juiza.

Segundo o MPF inquérito feito pela Polícia Federal constatou por meio de exame pericial, feito em celulares de alguns estudantes ouvidos na investigação, que houve o vazamento do tema da redação do Enem 2014 pelo aplicativo WhatsApp, às 10h47 do dia 9 de novembro de 2014 nos grupos “Vem que eu faço direito”, “Terceirão”, “Boa Sorte” e “VQV”. Em depoimentos, os estudantes afirmaram que receberam a mensagem horas antes da prova e que a replicaram para outros grupos.

Também de acordo com o MPF, o Inep, autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação, responsável pela gestão e divulgação do Enem, apresentou nota técnica na qual admite ter havido a abertura dos malotes contendo as provas nos estados do Piauí, Maranhão e Paraíba duas horas antes do horário estipulado no procedimento operacional padrão.

No ano passado, mais de 6,1 milhões de candidatos fizeram o Enem. A nota do exame pode ser usada para o ingresso no ensino superior público pelo Sisu, para concorrer a bolsas no ensino superior privado pelo Programa Universidade para Todos (ProUni),  para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), participar do programa de intercâmbio Ciência sem Fronteiras, além de concorrer a vagas no ensino técnico e obter certificação do ensino médio.

23 jan 2015

Ministério Público pede anulação da prova de redação do Enem

Estudante do Piauí recebeu tema da redação antes de começar a prova do Enem

Estudante do Piauí recebeu tema da redação antes de começar a prova do Enem

Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil

O Ministério Público Federal no Piauí ajuizou ação civil pública na Justiça Federal solicitando a anulação parcial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014, segundo nota divulgada nesta tarde. O MPF pede a anulação e uma nova aplicação da prova de redação.

Segundo o órgão, o inquérito feito pela Polícia Federal constatou por meio de exame pericial, feito em celulares de alguns estudantes ouvidos na investigação, que houve o vazamento do tema da redação do Enem 2014 pelo aplicativo WhatsApp às 10h47 do dia 9 de novembro de 2014, segundo dia de aplicação do Enem, quando os alunos fazem a prova de redação, nos grupos “Vem que Eu Faço Direito”, “Terceirão”, “Boa Sorte” e “VQV”. Em depoimentos, os estudantes afirmaram que receberam a mensagem horas antes da prova e que a replicaram para outros grupos.

Em liminar, o MPF também requereu que a Justiça suspenda imediatamente as etapas seguintes à aplicação da prova: inscrição no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), matrículas nas universidades que adotam o Enem como sistema único de classificação e torne sem efeito as notas gerais divulgadas no dia 13 de janeiro de 2015. Foi solicitado também pagamento de multa caso a decisão seja descumprida.

Também de acordo com o MPF, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação, responsável pela gestão e divulgação do Enem, apresentou nota técnica na qual admite ter havido a abertura dos malotes contendo as provas nos estados do Piauí, Maranhão e Paraíba duas horas antes do horário estipulado no procedimento operacional padrão.

No ano passado, mais de 6,1 milhões de candidatos fizeram o Enem. A nota do exame pode ser usada para o ingresso no ensino superior público pelo Sisu, para concorrer a bolsas no ensino superior privado pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), participar do programa de intercâmbio Ciência sem Fronteiras, além de concorrer a vagas no ensino técnico e obter certificação do ensino médio.

23 jan 2015

Consulta liberada às bolsas do Prouni

Foto: Alexandre Gondim /  JC Imagem

Foto: Alexandre Gondim / JC Imagem

As inscrições para o Programa Universidade para Todos (Prouni), do governo federal, estarão abertas a partir de segunda-feira (26) e vão até quinta-feira (29), mas a consulta às bolsas já está disponível no site do programa. Serão ofertadas 213.113 bolsas, sendo 135.616 integrais e 77.497 parciais. Para Pernambuco, o Ministério da Educação vai disponibilizar 4.614 bolsas.

Para se inscrever no Programa Universidade para Todos (Prouni) 1º/2015 é preciso ter participado do Enem 2014 e ter obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas do Exame. É preciso, ainda, ter obtido nota acima de zero na redação. Para efetuar a inscrição, o candidato deve informar seu número de inscrição e sua senha no Enem 2014.

Quem pode participar:

– Estudantes egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais da própria escola;

– Estudantes com deficiência;

– Professores da rede pública de ensino do quadro permanente que concorrerem a cursos de licenciatura, nesse caso não é necessário comprovar renda.

Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

23 jan 2015

Sisu divulga aprovados segunda-feira

Listões dos vestibulares deixam de existir com a implantação do Sisu. Foto: Guga Matos /  JC Imagem

Listões dos vestibulares deixam de existir com a implantação do Sisu. Foto: Guga Matos / JC Imagem

Após quatro dias de visitas diárias à página do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação, de segunda-feira até ontem, os feras agora terão que administrar a ansiedade e esperar pelo resultado do processo seletivo, previsto para sair segunda-feira (26). A emoção dos listões dos vestibulares, conferidos coletivamente, vai dar espaço para as consultas individuais no site do sistema, que informará os nomes dos classificados.

Os aprovados no Sisu devem se apressar e providenciar a documentação exigida pelas universidades para efetuar as matrículas, programadas para começar também na próxima semana, na sexta-feira (30). Seguirão até 3 de fevereiro.

Do Estado participam no Sisu, além da UFPE, a Federal Rural (UFRPE), a Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e os Institutos Federal de Pernambuco (IFPE) e Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão).

Aqueles que não conquistarem vaga poderão se inscrever na lista de espera, que servirá para as instituições fazerem os remanejamentos. O período para cadastramento na lista será de segunda-feira até o dia 6 de fevereiro, no site do Sisu.

Vale lembrar que o estudante só pode efetuar a inscrição no curso que colocou como primeira opção no sistema. Caso ele tenha sido aprovado na graduação que assinalou como segunda opção, mas queira concorrer à primeira opção, deverá se inscrever.

 

Página 1 de 2912345...1020...Última »