13 fev 2015

Até breve!

Foto: Diego Nigro/  JC Imagem

Foto: Diego Nigro/ JC Imagem

Caros leitores, estimados feras,

O Blog do Fera sai de cena, agora que as primeiras matrículas do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foram concluidas. Voltaremos no segundo semestre deste ano, quando as notícias sobre o acesso às principais universidades serão mais frequentes.

Aos feras, é importante ter atenção com o cronograma das instituições pernambucanas (veja abaixo). Qualquer dúvida, sugestão ou comentário, entrem em contato comigo por email (mazevedo@jc.com.br) ou pelo telefone da redação do Jornal do Commercio (81-3413.6532).

Até logo!

Margarida Azevedo

 

Fique ligado

UFPE – Dia 20 de fevereiro libera a lista de espera. O primeiro remanejamento sai em 3 de março

UFRPE – Dia 19 de fevereiro começa a matricular os candidatos da lista de espera

Univasf –  Dia 19 de fevereiro começam as reuniões de chamada pública para os convocados na lista de espera

IFPE – Dia 23 de fevereiro sai a lista de espera do Sisu

UPE – Dia 2 de março sai o primeiro remanejamento

12 fev 2015

IFPE vai divulgar lista de espera no dia 23 de fevereiro

No IFPE, vagas dos cursos superiores, para a segunda entrada, foram preenchidas pelo Sisu.

No IFPE, vagas dos cursos superiores, para a segunda entrada, foram preenchidas pelo Sisu.

O Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) divulgará, dia 23 de fevereiro, a lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) . Estarão na relação os estudantes que não foram selecionados para a primeira opção de cursos durante a chamada regular e manifestaram interesse pela convocação dentro do prazo estabelecido pelo Ministério da Educação.

Segundo a pró-reitoria de Ensino do IFPE, o edital da lista de espera será liberado amanhã, sexta-feira (13), no site da instituição. É importante ler o edital porque nele constam as datas para apresentação dos feras e documentos exigidos.

O IFPE ofereceu 425 vagas em dez cursos superiores do IFPE, distribuídos nas unidades do  Recife, Pesqueira (Agreste) e Barreiros (Zona da Mata).

11 fev 2015

Saiu a lista de espera da UFRPE no Sisu

No câmpus Recife, a Rural ofereceu 1.960 vagas no Sisu. Foto: José Henrique Mota/UFRPE

No câmpus Recife, a Rural ofereceu 1.960 vagas no Sisu. Foto: José Henrique Mota/UFRPE

A Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) publicou, agora há pouco, a primeira chamada da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação. Vale lembrar que nem todas as pessoas convocadas conquistaram vagas. A universidade chama uma quantidade maior de estudantes para ter cadastro reserva.

A previsão era de que a relação fosse divulgada apenas às 18h, mas a Rural resolveu antecipar. Os candidatos terão que apresentar documentos a partir de quinta-feira da próxima semana (dia 19), logo após o Carnaval. O atendimento ao público obedece um cronograma por curso.

Quem for convocado e não comparecer perderá a chance de ocupar uma vaga.

Confira abaixo as listas:

Recife

Garanhuns

Serra Talhada

11 fev 2015

UFRPE divulga nesta quarta-feira lista de espera do Sisu

Medicina veterinária, em Garanhuns, tem mais de 50 vagas disponíveis. Foto: Fernando Azevedo / Ascom UFRPE

Medicina veterinária, em Garanhuns, tem mais de 50 vagas disponíveis. Foto: Fernando Azevedo / Ascom UFRPE

Às 18h desta quarta-feira (11), a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) vai divulgar, no site da instituição, os nomes dos candidatos selecionados para a primeira chamada de matrícula. Será convocada uma quantidade de inscritos maior que a oferta de vagas disponíveis para que haja cadastro reserva.

Sobraram, na Rural, 1.533 vagas, nos câmpus de Recife, Garanhuns (Agreste) e Serra Talhada (Sertão). É importante que os feras fiquem atentos porque os convocados terão que apresentar documentação logo após o Carnaval, a partir da quinta-feira dia 19. Quem não comparecer na data reservada ao seu curso perderá a chance de ocupar a vaga, caso haja disponibilidade.

No site da UFRPE o estudante encontra o edital de matrícula, com o calendário completo, a quantidade de vagas ociosas e a relação dos documentos exigidos.

09 fev 2015

Veja todas as vagas que sobraram na UFPE

UFPE foi a terceira universidade mais procurada no Sisu. Foto: Passarinho /  Ascom UFPE

UFPE foi a terceira universidade mais procurada no Sisu. Foto: Passarinho / Ascom UFPE

Já está disponível, no site da UFPE, a lista com os cursos que não tiveram todas as vagas preenchidas no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação. Foram 6.562 vagas ofertadas, das quais  3.675 ocupadas. Há, portanto,  2.887 vagas disponíveis para remanejamentos.

Haverá chamada de novos alunos em todos os 99 cursos da UFPE. Nenhuma graduação teve 100% das vagas com matrículas. A lista de espera com nomes de todos os inscritos será liberada pela UFPE logo após o Carnaval, no dia 20 de fevereiro. O primeiro remanejamento sai em 3 de março.

Vagas preenchidas e ociosas – Recife

Vagas preenchidas e ociosas – Vitória de Santo Antão

Vagas preenchidas e ociosas – Caruaru

07 fev 2015

Quase metade das vagas da UFPE não é preenchida

Centro de Ciências da Saúde abriga o curso de medicina, no câmpus Recife, que teve 47 vagas ociosas. Foto: Passarinho / Ascom UFPE

Centro de Ciências da Saúde abriga o curso de medicina, no câmpus Recife, que teve 47 vagas ociosas. Foto: Passarinho / Ascom UFPE

Quase a metade das vagas que a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) disponibilizou no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação, não foi preenchida. Dos 6.562 candidatos aprovados, 3.673 se matricularam essa semana, o que representa 56% do total de estudantes que conquistou vaga. Outros 2.889 (44%) não compareceram à instituição. Significa que essa vagas não preenchidas serão disponibilizadas, nos remanejamentos, para novos vestibulandos.

“A quantidade de vagas preenchidas está dentro do esperado. Mantive contato com outras universidades que participam do Sisu há mais tempo e soube que a média é essa. Na Universidade Federal do Ceará, por exemplo, que foi mais concorrida que a UFPE, gira em torno de 40% as vagas ociosas”, comenta a pró-reitora acadêmica da UFPE, Ana Cabral.

O remanejamento sai dia 3 de março. Medicina, um dos cursos mais concorridos, teve 78 vagas ociosas. Foram 47 no Recife (de 140 ofertadas) e 31 em Caruaru (de 80 abertas). Para direito serão convocados 69 novos candidatos. Não houve matrícula em 29 vagas no turno matutino e 40 no horário noturno.

Das 395 vagas do conjunto das engenharias (CTG), que no Sisu aparece com a nomenclatura ABI (Área Básica de Ingresso), foram 172 vagas sem serem ocupadas. Administração teve 136 vagas liberadas (97 no Recife e 39 em Caruaru). Em odontologia serão convocados 80 estudantes. A lista completa com o quantitativo de vagas ociosas será divulgada segunda-feira, segundo Ana Cabral.

Podem concorrer nos remanejamentos os candidatos que se inscreveram, até ontem, na lista de espera do Sisu. Após o Carnaval, no dia 20 de fevereiro, a UFPE divulgará a lista dos estudantes convocados para confirmarem a intenção de ocupar uma vaga na universidade.

UNIVASF – A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) teve 711 vagas não preenchidas. No total, a instituição ofereceu 1.370 vagas no sistema. Em medicina sobraram 27 vagas: 12 no câmpus de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, e 15 em Paulo Afonso, na Bahia. Segundo a universidade há vagas remanescentes em todos os 24 cursos presenciais de graduação.

Veja vagas ociosas da Univasf

06 fev 2015

Univasf tem 711 vagas para remanejamento

Univasf tem câmpus em três Estados brasileiros: Pernambuco, Bahia e Piauí.

Univasf tem câmpus em três Estados brasileiros: Pernambuco, Bahia e Piauí.

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) teve 711 vagas não preenchidas por candidatos aprovados pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação.  No total, a instituição ofereceu 1.370 vagas no sistema.

Em medicina sobraram 27 vagas: 12 no câmpus de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, e 15 em Paulo Afonso, na Bahia. Segundo a Secretaria de Registro e Controle Acadêmico  da universidade, há vagas remanescentes em todos os 24 cursos presenciais de graduação da instituição.

Interessados em concorrer a essas vagas devem se inscrever, até esta sexta-feira, na lista de espera do Sisu. Mas só pode participar da lista de espera no curso que  o candidato colocou como primeira opção. Quem foi aprovado na segunda opção pode também se candidatar à graduação que assinalou como primeira opção.

Veja aqui o quadro completo com as vagas para remanejamento

06 fev 2015

Acaba nesta sexta-feira prazo para se inscrever na lista de espera do Sisu

Quem participou do Enem pôde se inscrever no Sisu".  Foto: Alexandre Gondim /  JC Imagem

Quem participou do Enem pôde se inscrever no Sisu”. Foto: Alexandre Gondim / JC Imagem

Acaba nesta sexta-feira o prazo para participar da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Os feras que não foram aprovados na chamada regular do sistema podem se candidatar às vagas que não foram preechidas.

Vale lembrar que o estudante só pode se inscrever na lista de espera no curso que colocou como primeira opção do Sisu. Para se inscrever, o candidato deve acessar o boletim pessoal na página do Sisu e clicar no botão correspondente à inclusão do nome na lista.

Também podem aderir à lista os estudantes que foram selecionados na segunda opção, independentemente de terem feito a matrícula.

As listas de espera serão divulgadas pelas universidades a partir de quarta-feira (11). É importante que o candidato se informe com a instituição que se inscreveu quando a relação será liberada.

Em Pernambuco, participam do Sisu a UFPE, UFRPE, Umivasf, IFPE e IF do Sertão. Na edição do sistema em 2016 haverá o ingresso da UPE.

04 fev 2015

Sotaques de todo o Brasil na UFPE

Vitória saiu do interior de São Paulo para estudar medicina no Recife. Foto: Guga Matos /  JC Imagem

Vitória saiu do interior de São Paulo para estudar medicina no Recife. Foto: Guga Matos / JC Imagem

Em meio ao burburinho dos novos alunos que estudarão na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) a partir deste ano, chamou a atenção, durante a matrícula esta semana, sotaques de diferentes Estados brasileiros, sobretudo entre os novatos de medicina. Com o ingresso da instituição no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação, as 6.562 vagas puderam ser disputadas por jovens de Norte a Sul do País. Desse total, 750 (11,4%) ficaram com estudantes de fora de Pernambuco.

Além do sotaque, outro detalhe observado pelos vestibulandos daqui: nem todos os rapazes de outros Estados têm o costume de ficar carecas e as garotas de rasparem uma das sobrancelhas. “Achamos interessante porque a maioria dos aprovados de fora não está de cabeça raspada”, comentou Maria Eduarda Bizarro, fera de medicina que integra o Grupo de Apoio aos Remanejáveis (Gare). A UFPE teve aprovados de 25 das 27 unidades da federação, sendo a maioria de São Paulo (225), Ceará (67), Bahia (58) e Minas Gerais (44).

Vitória Guidetti, 19 anos, vai encarar uma mudança radical para cursar medicina. Até ver o nome na lista dos aprovados, mês passado, morava com os pais no pequeno município de Jales, no noroeste de São Paulo, distante 586 quilômetros da capital. Agora terá que viver sozinha no Recife.

“Tentei a Federal do Mato Grosso, mas não deu. Passei na UFPE. Fiquei feliz, apesar de ser distante de casa. Nunca tinha vindo a Recife. Achei a cidade grande, assim como a universidade”, comentou Vitória, ontem, após se matricular. Ela veio com a mãe. Chegaram domingo e estão hospedadas na casa de uma amiga, no bairro do Espinheiro.

“Comecei a pesquisar lugares para morar. Visitei um pensionato, mas não gostei porque teria que dividir o quarto”, afirmou Vitória. Na fila da matrícula, conheceu a pernambucana Susana Andrade, 21, colega de turma. “No início não gostei da UFPE aderir ao Sisu porque a concorrência passou a ser nacional. Agora avalio que foi positivo porque eu também pude concorrer fora de Pernambuco e fui aprovada na UFMG”, observou Susana, feliz com a vaga na UFPE, após quatro anos tentando.

Lara Beatriz Melo, 18, desembarcou no TIP direto para a UFPE. Também tinha que se matricular em medicina. Saiu de Fortaleza segunda-feira, acompanhada de um irmão. “Só estive aqui uma vez, para brincar o Carnaval. Agora será onde vou morar pelos próximos anos”, afirmou Lara, que vai procurar alguém para dividir apartamento. “Estou na casa de um primo, em Boa Viagem. Volto 5ª feira para o Ceará”, relatou.

Nesta quarta-feira (04) tem matrícula para retardatários de todos os cursos. Segundo a pró-reitora acadêmica, Ana Cabral, no dia 12 de março sai a lista com os alunos distribuídos por entrada. Mais cedo, em 3 de março, haverá a divulgação dos remanejados. O ano letivo começa em 16 de março no primeiro semestre e 17 de agosto no segundo.

02 fev 2015

Prouni tem recorde de inscritos, com mais de 1,5 milhão de participantes

concurso

Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil

A primeira edição de 2015 do Programa Universidade para Todos (ProUni) registrou 1.523.878 inscritos, de acordo com balanço final divulgado pelo Minstério da Educação (MEC). O número é recorde e representa um aumento de 21% em relação aos inscritos (1.259.2854) no primeiro semestre de 2014.

Os cursos com maior número de inscrições foram administração, com 303.845 candidatos, direito, 252.391, pedagogia, 161.938, e engenharia civil, 140.305.

O programa registrou ainda 720.171 inscritos que se declararam pardos (47,3% do total). Os brancos representam 36,2%, amarelos, 2,4% e indígenas, 0,1%.

As mulheres foram maioria (889.398 candidatas), representando 58% do total. O programa também atraiu muitos jovens. Dos inscritos, 837.743 (55%) têm entre 18 e 24 anos. Outros 196.848 (12,9%), de 25 a 29 anos.

O resultado da primeira chamada foi divulgado nesta segunda-feira (2). Até o próximo dia 9, o candidato selecionado deve comparecer à respectiva instituição de ensino para comprovação das informações prestadas no momento da inscrição e fazer a matrícula.

No dia 19, será divulgado o resultado da segunda chamada. Os que não forem selecionados poderão participar da lista de espera nos dias 2 e 3 de março.

O programa oferece bolsas no ensino superior privado com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Este ano, são oferecidas 213.113 bolsas, 135.616 integrais e 77.497 parciais. As bolsas destinam-se a 30.549 cursos, em 1.117 instituições de ensino superior privadas.

Página 1 de 3212345...102030...Última »